A carregar
A carregar

Mais renhido seria difícil

Por: LSC   |   14-02-2021  |  Voleibol   |  
  |  
  |     |  

A equipa de Voleibol Masculino do Leixões SC não conseguiu levar a melhor sobre o Clube Kairós na 5.ª jornada da segunda fase do Campeonato Nacional.

Em busca de nova vitória, a turma leixonense apresentou-se vigorosa no jogo, com um serviço e bloco fortes que lhe permitiu criar uma vantagem significativa e ser o primeiro a pontuar nos sets do jogo. Contudo, não obstante a desvantagem, a equipa do Clube K conseguiu ajustar rapidamente as suas ações deficitárias e reverter o marcador a seu favor.

Ainda assim, a Armada do Mar nunca tomou o jogo como perdido e reagiu entrando no 4.ª set novamente melhor onde abriu uma margem significativa no marcador. Este cenário deu tranquilidade e nova confiança à turma leixonense que conseguiu ir liderando sempre com uma boa distância pontual, acabando mesmo por fechar o set e levar todas as decisões para a “negra”.

Com todas as decisões reservadas, ambas as formações demonstraram querer vender cara a derrota, mas, apesar de terem estado sempre muito próximas em termos pontuais, foi o Clube K que acabou por levar a melhor.

Resultado final de 3-2 (15-25, 25-19, 25-23, 16-25, 16-14) que em nada fere a excelente prestação que a equipa do Leixões SC tem protagonizado nesta segunda fase do Campeonato. Com este resultado, a Armada do Mar soma agora 10 pontos na Série dos Últimos, posicionando-se na primeira posição da tabela classificativa.

João Pedro Vieira no final: "Este foi o último jogo da 1.ª volta e queríamos uma vitória para poder ficar em 1.º lugar isolado. Entramos muito bem no jogo, pressionando muito o 1.º toque do adversário e com boa eficácia no jogo ofensivo. A chave do jogo era manter esta intensidade, mas o adversário reagiu, conseguiu pôr em prática o jogo alto e forte na rede, e nós começamos a acumular vários erros o que nos fez baixar a qualidade e nos custou na perda do set.

No 4.º set voltamos a subir e fizemos um excelente parcial. A negra foi disputada ponto a ponto, e pena foi não termos conseguido rentabilizar a vantagem que tivemos aos 13-12. Mantivemos o 1.º lugar, embora não isolados, e agora preparar o próximo jogo da melhor forma, pois é um jogo decisivo para nós. Objetivo é só um: ganhar."