A carregar
A carregar

Sangue, Suor e Lágrimas!

Por: LSC   |   14-11-2021  |  Futsal   |  
  |  
  |     |  

A Armada Do Mar de Futsal Feminino eliminou o GD Árvore por 5-4 na 1.ª eliminatória da Taça de Portugal e carimbou a passagem à fase seguinte.

O Leixões bateu, este sábado, o GD Árvore num jogo de raça e superação leixonense. Jogo sempre emotivo e de incerteza no marcador aquele que se assistiu no Pavilhão Municipal de Custóias que se apresentava bem composto. Com as duas equipas a defrontarem-se pela terceira vez na época 2021/22, e com grande conhecimento de parte a parte, foi a Armada Do Mar quem assumiu o comando do jogo.

Inicio personalizado da formação leixonense que com paciência foi trabalhando o seu jogo e a posse de bola, esperando o momento certo e a falha do adversário para visar a baliza. Foi o que aconteceu. Após diversas boas jogadas coletivas e aviso, o golo acabou por surgir. Boa jogada coletiva que só parou no fundo das redes.

Até ao intervalo a formação leixonense manteve-se sempre melhor no jogo, mais esclarecida, ainda que tivéssemos primeiro assistido ao golo do empate por parte do adversário e a mais um golo do Leixões que restabeleceu e levou a vantagem pela margem mínima para o intervalo, 2-1.

No reatar o GD Árvore reagiu à desvantagem e colocou, novamente, tudo empatado no jogo. Do outro lado, a Armada Do Mar não acusou, bem pelo contrário, esboçou uma forte reação. Com talento, classe, raça e grande espírito de equipa arregaçou as mangas e foi à procura da vantagem e da passagem à fase seguinte. Nesta fase do jogo só deu Leixões onde um coletivo forte com um “Futsal” bem trabalhado conseguiu colocar o jogo em 5-2. Golos de grande envolvimento coletivo com talento à mistura. Nem o revés de ver duas das suas atletas saírem de forma forçada do jogo, devido a lesão, abalou a formação leixonense.

Com todo o mérito o Leixões estava na frente e obrigou o adversário a arriscar para ainda sequer sonhar disputar a eliminatória. Com a utilização do 5x4, já no último terço de jogo, o GD Árvore conseguiu ainda por duas vezes reduzir o resultado, mas a vitória acabou mesmo por ficar em Matosinhos carimbando, com distinção qualitativa, o bilhete de passagem à fase seguinte da Taça de Portugal.

Sábado desportivo intenso para o Futsal Feminino do Leixões que terminou em grande com uma vitória da raça e crença leixonense.